Ferramentas de coaching – resultados e objetivos de coaching

Por o 17 Julho 2017

Definir objetivos é uma prática e uma técnica essencial em todo e qualquer domínio do coaching profissional e não apenas no mundo do “executive coaching”, pelo que qualquer coach deverá desenvolver um elevado grau de perícia na forma como auxilia o seu cliente a definir os objetivos e resultados que espera atingir “no/e” através do coaching.

FERRAMENTAS DE COACHING (3)

– Resultados e objetivos de coaching –

 

Definir objetivos: prática e técnica essencial em coaching

Definir objetivos é uma prática e uma técnica essencial em todo e qualquer domínio do coaching profissional e não apenas no mundo do “executive coaching”, pelo que qualquer coach deverá desenvolver um elevado grau de perícia na forma como auxilia o seu cliente a definir os objetivos e resultados que espera atingir “no/e” através do coaching.

 

Existem 2 competências da ICF (International Coach Federation) onde esta técnica assume uma destacada relevância:

  • Competência 2 – Estabelecer o acordo de coaching
  • Competência 10 – Planear e estabelecer objetivos

 

Competência 2 – Estabelecer o acordo de coaching

A ICF define a sua competência 2 como “a capacidade para compreender o que é exigido na interação específica de coaching e para chegar a acordo com o novo cliente acerca do processo e da relação de coaching”. Um nível elevado de especialização no domínio da definição de objetivos e resultados de coaching ajuda o cliente a clarificar o que pretende atingir durante o processo de coaching, a avaliar em que medida o atingiu, a introduzir mecanismos de controlo e correção ao longo do seu processo de concretização e, obviamente, a aumentar o seu nível de consciência acerca do valor que está a ser criado através do processo de coaching.

Uma correta definição de objetivos e resultados, elaborada através dos standards da ICF, pode constituir uma excelente ferramenta para avaliar o impacto ou eficácia de um processo de coaching.

 

Competência 10 – Planear e estabelecer objetivos

A ICF aponta alguns destes standards na descrição da sua competência 10 – que a ICF define como a capacidade para desenvolver e manter um plano de coaching efetivo com o cliente – quando refere “criar um plano com resultados que sejam alcançáveis, mensuráveis, específicos e com datas de realização”.

 

Modelo SMART

Um dos modelos mais conhecidos que sustenta estes standards é o modelo SMART, desenvolvido por Sir John Whitmore, a recordar:

 

  • S – Específicos (Specific) – devem ser formulados de forma específica e precisa;
  • M – Mensuráveis (Measurable) – definidos de forma a poderem ser medidos;
  • A – Atingíveis (Attainable) – a possibilidade de concretização dos objetivos deve estar presente e ser também desafiadora:
  • R – Realistas (Realistic): devem estar em conformidade com os recursos disponíveis para a sua concretização:
  • T – Temporizáveis (Time-bound): ser definidos em termos de duração.

 

No próximo artigo, darei continuidade ao tema “Resultados e objetivos de coaching”.


Conheça a Escola de Coaching Executivo da CEGOC.

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Programa de formação de Coaches profissionais - Nível Inicial

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe