Trabalhar com as emoções

Por o 4 Novembro 2020

As competências emocionais são fundamentais para, no nosso dia a dia, mantermos relações pessoais. As nossas decisões e os nossos comportamentos são, em grande medida, influenciados pelas emoções.  

Num contexto profissional, ter um bom ambiente de trabalho é essencial para conseguir uma integração positiva dos colaboradores e para aproveitar as sinergias próprias do trabalho em equipa. Entre as várias ferramentas de intervenção que existem, o coaching de equipa é das melhores em contexto organizacional, pois desenvolve equipas e trabalha com as emoções. Consiste em trabalhar sobre uma equipa de forma natural, observando as relações, a cultura e o sentimento de pertença. É uma ferramenta que favorece a união da equipa, a resolução de conflitos e a integração dos trabalhadores na organização.

Um dos autores que mais se notabilizou no campo das emoções, Daniel Goleman, explica que as mesmas podem vir a influenciar até 30% o desempenho no trabalho. Quanto maior for a emoção coletiva, maior será a possibilidade de aproveitar o talento de uma equipa.

Dinâmicas para desencadear emoções

A formação outdoor, também conhecida por team building, é uma técnica muito utilizada em equipas de trabalho. Esta técnica influencia o desenvolvimento de competências emocionais e procura, através de uma série de atividades no meio natural, conhecer o comportamento dos colaboradores. Ajuda a libertar a tensão do trabalho, faz sair da zona de conforto e é útil, porque permite que se conheçam pontos fortes e pontos fracos que os colaboradores, no ambiente de trabalho, não mostram. A formação outdoor vai ajudar a gerar um bom clima de trabalho, uma maior comunicação entre colegas e, portanto, um maior compromisso com os objetivos da empresa.

A chamada roda do feedback é outra técnica usada em equipas de trabalho. Nesta técnica, cada indivíduo da equipa é convidado a destacar duas qualidades profissionais de um colega. Após ouvir os seus pares, a pessoa agradece e faz uma pequena reflexão em público. A roda do feedback será concluída quando todos os colegas tiverem participado. Esta técnica promove uma cultura de comunicação aberta, direta e sincera, de respeito e assertividade.

Uma boa gestão das emoções em contexto laboral gera um bom ambiente de trabalho, ajuda a fortalecer os vínculos com os colegas, diminui a rotatividade de pessoal e o absentismo e, por último, forma boas equipas de trabalho, comprometidas com a organização.

*Este artigo foi publicado originalmente AQUI.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe