Supervisão em Coaching – O que é, para que serve e a quem se dirige?

Por o 27 Outubro 2017

Há muito tempo que a supervisão é uma prática utilizada em diversas áreas profissionais. Aliás, a sua origem remonta a práticas ancestrais da transmissão de conhecimentos, ensino e aprendizagem. É também largamente utilizada no mundo organizacional, surgindo por vezes sob outras designações e com alguma diversidade de métodos de aplicação.

A Supervisão, de uma forma genérica, é uma prática que procura o desenvolvimento e melhoria contínua em profissionais ativos.

Em coaching nada disto é diferente!

Qual a definição de supervisão de coaches?

É uma prática de aprendizagem colaborativa para continuamente desenvolver a capacidade do coach através do diálogo reflexivo, de forma a beneficiar os seus clientes e todo o sistema de coaching.

Através da vasta experiência adquirida pela formação de coaches e pela própria prática profissional do coaching, os supervisores estão especialmente atentos e preparados para poder fornecer indicações e orientações teóricas e técnicas aos colegas, independentemente da sua experiência. Se por vezes podem assumir o papel de mentores, passando a sua experiência através de sugestões e oferecendo alternativas, dedicam-se, sobretudo, a ajudar os coaches a terem maior consciência de si próprios enquanto profissionais.

Por natureza, e ainda que com a aparência paradoxal, o coaching é um trabalho solitário, embora tenha na sua base uma relação profissional entre coach e cliente, muitas vezes o primeiro encontra-se só entre sessões, perante as complexidades que representam as pessoas e as situações em que se encontram.

Todos somos cegos na acão. Os coaches são cegos em relação à sua atuação quando estão em sessão. Os supervisores atuam como um “espelho” que permite ao coach identificar as competências que mais tem desenvolvida e aquelas que necessitam de trabalho e desenvolvimento.

Acreditamos que não se pode ser coach sem antes ter sido coachee, e apoiamos a ideia que um coach necessita de um supervisor para continuar a aprender e compreender algo tão complexo como é o comportamento humano.

Receber supervisão é uma opção livre, da responsabilidade de cada profissional de coaching. Deverá ser também responsabilidade de cada coach manter o compromisso da aprendizagem e desenvolvimento constante, com respeito à comunidade de profissionais, elevando assim o nível de competências, e, sobretudo, melhorando a prestação de serviços aos clientes, ajudando-os a conseguir os resultados desejados.

Os Programas de Supervisão em Coaching estão pensados para apoiar os coaches na obtenção de resultados com os seus clientes partindo do pressuposto que muitas vezes não estão conscientes de determinados temas ou situações que tocam os nossos próprios pontos de cegueira. O Coach Supervisor tem como função mostrar aquelas competências que como coaches estão em falta para obter os melhores resultados dos seus coachees.

A supervisão é uma grande oportunidade que um Coach tem para receber apoio prático, dinâmico e orientado.

Que dimensões podem ser escolhidas em Supervisão?

Existem várias:

  • As intervenções do Coach – O foco está nas perguntas, no parafrasear e na perceção do resultado destas mesmas intervenções.
  • Relação Coach Cliente – O foco é colocado nas emoções, na comunicação, na dinâmica da sessão, na relação empática que é ou não estabelecida.
  • O Cliente – O foco é o estado atual, quais os problemas inerentes, a descrição do contexto e como parte para o desafio que é atravessar a ponte entre o estado atual e o estado ideal.

Qual o objetivo da supervisão de coaches?

  • Assegurar as melhores práticas de coaching e garantir o crescimento contínuo e o desenvolvimento da prática do coaching;
  • Fornecer uma oportunidade de melhor se compreender a si mesmo, ao cliente e ao sistema do cliente e as escolhas feitas nesse envolvimento;
  • Aumentar a consciência das reações pessoais do cliente e/ou do sistema e fornecer um local seguro para as explorar;
  • Servir como um “reset”.

A Supervisão de coaches foca-se no desenvolvimento das capacidades do coach, oferecendo uma oportunidade mais ampla e mais rica de apoio e desenvolvimento. A supervisão de coaches cria um ambiente seguro para o coach partilhar os seus sucessos ou fracassos ao longo do caminho enquanto vai melhorando a forma como trabalha com os seus clientes.


Deseja saber mais acerca de Supervisão em Coaching?

Veja o site da Escola de Coaching Executivo da Cegoc.

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Programa de formação de Coaches profissionais - Nível Inicial

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Avatar

Vera Costa Desde 2 anos

Gostaria de saber se vocês tem alguma formação para supervisores a distância, pois resido no Brasil. Obrigada

Resposta
Bruna Ferreira

Bruna Ferreira Desde 2 anos

Olá, Vera Costa! 🙂
Obrigada pelo comentário. Todas as formações que temos disponíveis podem ser consultadas no nosso site, em: https://www.cegoc.pt/areas-formacao/. Caso tenha dúvidas sobre algum dos cursos, fique à vontade para nos contactar.

Resposta

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe