Aprenda a ouvir melhor

Por o 2 Dezembro 2020

Uma das maiores aptidões do ser humano é a comunicação verbal. Através do diálogo, as pessoas são capazes de falar e transmitir informações, mas também de adquirir e partilhar novos conhecimentos. Contudo, grande parte da população não consegue estabelecer um diálogo eficaz, pois muito do que é ouvido não é assimilado e interpretado.

 

 

De acordo com a International Coaching Federation (ICF), a escuta ativa é uma das competências nucleares de coaching. A ICF define esta competência como a capacidade para se concentrar totalmente naquilo que o cliente diz e no que não diz, de forma a compreender o significado do que é dito, no contexto dos desejos do cliente e para apoiar a autoexpressão desses conteúdos”.

Num ambiente corporativo, existem inúmeras situações em que a escuta ativa pode ser executada: numa reunião, ao ouvir feedback ou ao ajudar e instruir um colaborador para a execução de uma tarefa, entre outros exemplos.

Para o gestor, é ainda uma oportunidade para melhorar o relacionamento e o desempenho da sua equipa, esclarecer dúvidas, além de minimizar os conflitos presentes na rotina da empresa.

 

Neste artigo, partilhamos algumas dicas para que possa desenvolver a sua capacidade de ouvir os outros:

– Encare o interlocutor e mantenha contacto visual

Muitas vezes, enquanto estamos a falar com alguém, podemos sentir que essa pessoa não está atenta ao que estamos a dizer, o que se torna frustrante. Coloque-se na posição de quem fala consigo e considere que o contacto visual é um ingrediente importante para uma comunicação efetiva.

 

– Não interrompa e não tente impor as suas ideias

Desde crianças que somos ensinados a não interromper uma conversa. O ideal é que ouça e, assim, ajude a que o interlocutor chegue às suas próprias conclusões primeiro. Se for mesmo necessário, pergunte: “Gostava de ouvir as minhas ideias?”.

 

– Aguarde uma pausa no discurso para fazer perguntas esclarecedoras

Quando não está a compreender algo que está a ser dito, claro que deve questionar quem está a falar consigo. Contudo, ao invés de interromper, espere pelo momento em que existe uma paragem na comunicação.

 

Transmita feedback regularmente

Seja através de frases ou gestos, demonstre que está atento ao que está a ser transmitido – uma prova de que está a ouvir e a acompanhar a linha de pensamento.

 

– Preste atenção ao que não é dito

As mensagens não-verbais são muito importantes! Quando estamos cara a cara com alguém, conseguimos detetar entusiasmo, tédio ou até exasperação nas suas expressões faciais, algo difícil de ignorar e muito relevante na transferência de informações.

 

Saber ouvir é o primeiro passo para uma comunicação eficaz. Significa que mesmo que não concorde com o que está a ser dito, teve interesse, ouviu e respeitou o outro. Essa aptidão permite que o interlocutor se sinta valorizado e assim, se torne mais flexível e aberto à mudança, atributos muito importantes no meio empresarial. 

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Programa de formação de Coaches profissionais - Nível Inicial

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe