Como promover uma cultura de coaching na sua empresa

Por o 27 Junho 2019

A cultura organizacional influencia fortemente a postura dos colaboradores e deve apoiar o seu alto desempenho, a produtividade e as boas relações no trabalho, servindo de suporte para o seu desenvolvimento e crescimento.

Neste contexto, o coaching pode ser o elemento diferenciador na cultura da sua organização, não só para potenciar a inovação, mas principalmente para desenvolver a alavancar mudanças positivas nos comportamentos das pessoas.


 
Partilhamos, por isso, quatro pontos que pode começar a desenvolver tão brevemente quanto possível para que a sua organização inicie a construção de uma cultura mais saudável e produtiva.
 

1 – Conte com o apoio de um Coach:

Esta representa uma oportunidade imprescindível de crescimento pessoal e profissional para os colaboradores. No entanto, também os profissionais de RH podem e devem encorajar os líderes a serem acompanhados e orientados por um profissional de coaching – os objetivos podem passar pela formação de uma nova linha de liderança ou o desenvolvimento de competências especificas para novas funções ou estratégias.
 

2 – Treine os seus próprios Coaches:

Existem organizações que optam por um coach externo à organização, que possa trazer mais neutralidade e autonomia para conduzir o respetivo programa de coaching. No entanto, cada vez mais empresas apostam na formação dos seus próprios coaches – uma profissão altamente qualificada para a qual é indispensável uma certificação específica e válida. Para garantir formação de qualidade, a International Coach Federation (ICF) credencia vários programas de formação em coaching que respeitam os seus elevados padrões.
 

3 – Promova práticas de coaching:

Nem todos podemos ser coaches profissionais, mas podemos aprender alguns pontos básicos e essenciais desta prática, tais como: potenciar a escuta ativa, fazer perguntas que levem à reflexão, construir relações duradouras ou desenvolver o acompanhamento do progresso e a auto-responsabilização. Esta é uma forma benéfica de trazer valor para o trabalho individual e organizacional, através de um processo estimulante, criativo e desafiador.
 

4 – Adote o mindfulness:

Vários estudos e autores, como Doug Silsbee, no seu livro “The Mindful Coach: Seven Roles for Facilitating Leader Development, referem a importância de aprendermos a gerir as emoções, evitarmos que os nossos pensamentos condicionem a nossa vida e tenham um impacto direto na nossa saúde e bem estar, assim como naqueles que nos rodeiam. Através do mindfulness, as organizações podem ajudar os seus colaboradores a trilhar caminhos mais conscientes.

Atualmente, existe uma necessidade global de alinhar valores pessoais e organizacionais, o que acaba por ser uma vantagem competitiva para as empresas.
 

Ao implementar um programa de coaching na organização onde está inserido, poderá melhorar a sua produtividade e performance, ao mesmo tempo que trabalha o potencial de cada colaborador:

  • Direciona os colaboradores para a resolução de problemas e motiva para atingir resultados;
  • Leva ao autoconhecimento;
  • Aumenta a produtividade individual e o desempenho da equipa no seu todo;
  • Desenvolve a empatia;
  • Melhora o convívio e as relações interpessoais;
  • Promove a autoconfiança.

 
De acordo com o líder indiano Debashis Chatterjee, “as empresas crescem porque as pessoas as fazem crescer, e as pessoas, por sua vez, crescem dentro das empresas”, pelo que é importante que os indivíduos em patamares superiores dentro de uma organização reconheçam continuamente os pontos positivos do coaching para a sua equipa e a grande importância de adotar estas práticas.

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Programa de formação de Coaches profissionais - Nível Inicial

/5 - Voir tous les avis

Outra publicação do mesmo tema

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe