O Coaching Sistémico de Equipas como alavanca da performance coletiva

Por o 15 Março 2019

O Coaching Sistémico de Equipas é uma das muitas tipologias de coaching. Indicado para empresas que possuam vários grupos de trabalho, este coaching trabalha os membros individuais de uma equipa e as suas relações com clientes e fornecedores com vista a atingir o sucesso geral da empresa, que é a cliente real do coach.

Este género de coaching, que é orientado para equipas, baseia-se na premissa de que uma empresa, por si só, não consegue alcançar nada e precisa da colaboração de todos os que a constituem para atingir os seus objetivos. É necessário o crescimento e o sucesso de todos os colaboradores para que uma organização consiga crescer e obter sucesso também.

 

 

O Coaching Sistémico de Equipas

Antes de tudo, importa começar por explicar corretamente pelo que se define o Coaching Sistémico de Equipas. Esta área tem como principal intuito melhorar as capacidades individuais do colaborador de modo a potencializar as qualidades gerais do grupo e, por fim, levar a equipa e a empresa a atingirem os seus objetivos. Para isso, o coach estuda todo o contexto onde a equipa e o colaborador estão inseridos para poder entender de que forma o todo afeta o individual e vice-versa.

Podemos aqui considerar a equipa como um sistema que habita num sistema maior, a empresa onde a equipa trabalha, e que, por sua vez, atua num outro sistema, o contexto relacional onde todos estão inseridos.

Por outras palavras, durante todo o processo, os profissionais de coaching têm particularmente em conta a forma como os sistemas se influenciam mutuamente, tanto nas relações entre todos os membros da equipa e da organização, como nas decisões que são tomadas e o consequente impacto que estas têm nos colaboradores.

 

Em que é que este tipo de coaching difere do coaching individual?

Ao contrário do coaching individual, o Coaching Sistémico de Equipas preocupa-se com o contexto em que o coachee está inserido, tais como as suas relações com os fornecedores e a forma como se comunica com os seus colegas de trabalho. Este tipo de coaching acredita que, trabalhando e melhorando estas ligações, o colaborador, e consequentemente a equipa, estarão mais perto de atingir o seu potencial e os objetivos propostos.

Apesar disto, como já visto, o principal foco do Coaching Sistémico de Equipas é exatamente esta última palavra. As equipas. Levá-las a melhorar e a atingir os seus objetivos enquanto um todo é a principal função de um coach com esta especialização.

Assim, o Coaching Sistémico de Equipas é diferente do coaching individual não só no tipo de objetivos a atingir, que neste caso se focam mais nos objetivos globais da organização e das suas equipas, como também na forma de o atingir, ao trabalhar com o individual e as suas relações laborais para influenciar o todo.

 

Por que razão o Coaching Sistémico de Equipas deve ser certificado?

Como visto ao longo deste texto, este tipo de coaching difere então em tantos parâmetros do coaching orientado para indivíduos que se torna absolutamente necessário um coach possuir uma formação personalizada especificamente nesta área para conseguir obter sucesso na sua prática e produzir resultados para as empresas.

Neste contexto, a CEGOC disponibiliza uma formação certificada pela ICF – International Coaching Federation – em Coaching Sistémico de Equipas.

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Systemic Team Coaching Programme - Level 1

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe