Como criar uma cultura de coaching na sua empresa

Por o 29 Outubro 2018

Existem inúmeras vantagens associadas à implementação de uma cultura de coaching na sua empresa. Um ambiente proativo, dinâmico, transparente, que promove a contribuição de todos, tem mais potencial para inovar e crescer. Confira, nos pontos que se seguem, como pode criar uma cultura de coaching na sua empresa.

Ouça com atenção

Numa cultura de coaching, é essencial colocar as questões certas e ouvir de forma ativa aquilo que colaboradores motivados têm para dizer. Ouça cada um dos membros da sua organização, perceba o que influencia a sua performance e entenda as várias perspetivas sobre determinado assunto.
Ao ouvir um colaborador com atenção, sem interromper, está, igualmente, a permitir que este construa ideias, incentivando ao desenvolvimento das suas capacidades e aptidões.

Torne o “Eu” em “Nós”

Uma cultura de coaching assenta na coletividade, no “Nós”. Como tal, uma estrutura organizacional deve incluir feedback sólido e construtivo, alguma informalidade nas conversações e comunicação transparente entre todos. Garanta que as suas ações, enquanto líder, têm uma mensagem clara e se relacionam com a missão da empresa, garantindo a todos que atua em prol do benefício coletivo e não do pessoal.

Reconheça o talento da equipa

Uma empresa que atua sob uma cultura do coaching possuí uma missão clara, bem definida, que orienta o plano de ação e a estratégia organizacional. Esta determinação gera maior envolvimento na equipa, motivando cada um, individualmente, a contribuir com ideias e com maiores níveis de produtividade. Reconheça e incentive contribuições individuais e de equipa, reconhecendo como cada um pode criar valor na empresa.

Saiba como incentivar em vez de travar

Numa chefia tradicional, o líder divulga diretrizes de comando, sem que ninguém se possa contrapor às mesmas. Contudo, numa cultura de coaching, o líder acredita que o seu papel é o motivar os demais a divulgarem as suas ideias, ouvindo de forma atenta e colocando questões pertinentes.

Permita pensamento crítico

Uma das premissas do coaching é encontrar o melhor de cada indivíduo, tornando-os mais confiante e permitindo que chegue a soluções e ideias. Como contraste, chefes tradicionais criam momentos de ansiedade e não permitem a livre comunicação de ideias e contributos.

Garanta o respeito mútuo

Numa cultura de coaching, é essencial a existência de respeito mútuo. Quando todos os membros da equipa se tornam mais fortes, a organização cresce, gerando benefícios para todos os envolventes. Uma conversação entre dois colaboradores da empresa requer suporte e compreensão de ambas as partes, deixando de lado a vontade constante de falar e criticar. Diálogo construtivo, com respeito, é extremamente benéfico para a empresa e, deste modo, para ambas as partes que conversam.

O objetivo de uma cultura de coaching, em ambiente empresarial, é aumentar o nível de envolvimento das equipas e dos colaboradores, em lugar de, simplesmente, garantir o cumprimento mínimo das tarefas diárias.

Uma cultura de comando e imposição gera o sentimento de obrigação, isto é, garante que o colaborador cumpra as suas tarefas como resultado de ordens recebidas. O potencial único deste colaborador, a sua perspetiva sobre determinada solução e ação, não serão considerados. O coaching, por outro lado, conduz ao envolvimento coletivo, criando mais oportunidades de crescimento para todos.

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Programa de formação de Coaches profissionais - Nível Inicial

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe