Saiba como o coaching realmente funciona e tire o máximo proveito disso

Por o 5 Setembro 2018

Todos sabemos que o cérebro não é estático. Por outro lado, é capaz de criar novas ligações neurológicas, de forma contínua, como forma de substituir aquelas que já não são úteis e fortalecer as que realmente têm uso.

 

 

Ao alterar a forma como pensamos, estamos a alterar os padrões neurológicos do cérebro, criando novas formas de olhar e de interagir com o que nos rodeia.

Um especialista em coaching potencializa esta capacidade humana, recorrendo a ferramentas e técnicas que promovem a neuroplasticidade. Este conceito refere-se à capacidade do sistema nervoso de se adaptar e mudar ao longo do tempo.

Refletindo sobre os nossos pensamentos, conceito a que se dá o nome de metacognição, conseguimos criar um ciclo de informação associado àquilo em que acreditamos e conhecemos. Este processo de pensamento profundo gera respostas que, por sua vez, levam a determinadas ações e decisões.

Segundo a especialista em coaching, Brenda Corbett, e o neurocientista, Justin Kennedy, o coaching pode, desta forma, alterar o funcionamento do cérebro.

A prática conduz a novas formas de pensar e, deste modo, a novos comportamentos. Quando isto ocorre, novas ligações neurológicas são criadas. A mudança é de tal ordem que hábitos outrora encarados como difíceis passam a ser vistas como ações mais simples.

Agora que reconhece o efeito do coaching no cérebro, poderá compreender o porquê de tantas organizações se preocuparem em cultivar uma cultura de coaching na empresa. Segundo um estudo realizado, o retorno proveniente de investir nesta prática é de 529%.

 

Não obstante a existência de inúmeros modelos de coaching, reunimos aquele que, de forma simplificada, resume o processo:

 

Consciência

O coaching desafia-nos a refletir sobre como pensamentos, levando-nos a questionar o nosso consciente e subconsciente. Por sua vez, isto permite que sejamos capazes de interagir com o mundo, sem que eventuais sensações de ego interfiram na maneira como o fazemos.

 

Claridade

Através do coaching, somos capazes de manter o foco, separando factos associados a determinada situação, e compreendendo qual o verdadeiro problema.

 

Escolha

O coaching permite-nos limitar as nossas próprias crenças. Passamos a visionar outras inúmeras possibilidades. Como referido, promove a criação de ligações neurológicas e novas formas de pensamento e de comportamento.

 

Ação

Com o coaching, a confiança sobre aquilo que pensamos aumenta. Decidimos de forma mais assertiva e ficamos mais preparados para levar adiante determinado plano de ação.

 


 

Uma importante nota, acerca do processo aqui descrito, é a necessidade de seguir uma ordem. Primeiramente, tomamos consciência sobre o nosso modelo de pensamento, permitindo um entendimento claro sobre a situação que nos rodeia. A partir daqui, já nos é possível decidir sobre algo, ter uma escolha, que nos conduz a determinada ação.

 

Em suma, como tirar o máximo proveito do coaching? Passar por um processo de coaching, nomeadamente com o apoio de um especialista certificado, permite-nos ter a oportunidade de explorar a maneira como pensamos. Ficamos mais conscientes e confiantes da nossa tomada de decisão e passamos a ser capazes de alterar e de melhorar vários aspetos da nossa vida.

 

Para saber mais sobre este tema, recomendamos a formação CEGOC Programa de formação de Coaches profissionais - Nível Inicial

/5 - Voir tous les avis

Artigos relacionados

Deixe um comentário

Avatar

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Subscreva o Blog

For security reasons, JavaScript and Cookies must be enable in your browser to subscribe